14.11.18

Vencedores do Desafio Literário 2018





Como atividade da Feira do Livro de Porto Alegre, foi entregue na terça-feira, dia 13 de novembro, no Auditório do Margs, o resultado do 3º Desafio Literário, em cerimônia com a presença do presidente da Câmara Rio-grandense do Livro (CRL), Isatir Botin Filho; da diretora do Instituto Estadual do Livro (IEL), Patrícia Langlois; do jurado Valdomiro Manfrói, membro da Academia Rio-grandense de Letras (ARL); da jurada Jacira Fagundes, pela Associação Gaúcha de Escritores (AGES); da jurada Cristina Macedo, pela Associação Ligia Averbuck e de Bárbara Lopes, diretora da Brascril, empresa que confeccionou os troféus. A iniciativa promovida pelo IEL e sua Associação de Amigos, a Ligia Averbuck, estimulou a produção de textos literários, ao longo de cinco dias, nas categorias Miniconto, Poetrix, Poema Livre, Crônica e Conto. Na ocasião, os participantes fizeram a leitura de textos produzidos na categoria Miniconto.

O vencedor foi Celso Gonzaga Porto, que teve sua crônica sobre Humor lida por Jacira Fagundes, da AGES. O 2º lugar ficou com Marcos Eizerik, que teve seu Poetrix sobre Sonho lido por Manfrói. ”A eclética equipe que participou tinha pessoas de mais idade e da nova geração, ligada às tecnologias”, disse o integrante da ARL, que participou do júri em todas as edições. Já o 3º lugar ficou com Eduardo Bizarro Pereira Porto, que teve seu Poema Livre sobre o Amor lido por Cristina Macedo e recebeu o troféu das mãos de Isatir Botin Filho, que elogiou a iniciativa e enalteceu sua continuidade: “é uma forma de qualificar e premiar quem escreve”. Segundo a diretora do IEL, a ideia do Desafio Literário partiu do conceito do "Master Chef", com os gêneros usados como prato principal e sobremesa, tendo as palavras como ingredientes. “Tivemos várias receitas de sucesso”, disse Patrícia Langlois, que agradeceu o patrocínio da Brascril.

Texto: Vera Pinto / Fotos: Solange Brum

IEL 2015-2018

Vídeo com as atividades realizadas durante a atual gestão do Instituto Estadual do Livro, de agosto de 2015 até agora.





13.11.18

Banca do IEL na Feira do Livro

Lembramos a todos que o IEL marca presença na Feira do Livro de Porto Alegre também com sua banca, que este ano está localizada na área central da Praça da Alfândega, em frente ao monumento ao General Osório. Venha conferir!



7.11.18

Prêmio Minuano de Literatura


Em uma cerimônia na Sala de Música do Multipalco Theatro São Pedro, com a presença da patrona da Feira do Livro de Porto Alegre 2018, Maria Carpi, o Instituto Estadual do Livro (IEL), em parceria com o Instituto de Letras da UFRGS, divulgou na noite da terça-feira, 6 de novembro, os nove vencedores do Prêmio Minuano de Literatura, destinado a escritores nascidos ou residentes no Rio Grande do Sul, assim como editoras sediadas no Estado. Estavam presentes também o presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro, Isatir Bottin Filho; o diretor do Instituto de Letras da UFRGS, Sérgio Menuzzi; a professora da Faculdade de Letras da Ufrgs, Márcia Ivana; a diretora do IEL, Patrícia Langlois; a presidente da Associação Lígia Averbuck, Marô Barbieri; o titular da Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do RS (Sedactel), Victor Hugo e o secretário adjunto da pasta, André Kryszczun, entre muitos outros, no evento que contou com show do instrumentista, compositor e cantor João Maldonado.

Na abertura foi lido um poema de Augusto dos Anjos, contextualizando a fala da diretora, Patrícia, de que “É preciso sonhar! E o IEL sonha. Sonha porque está vivo. Realiza porque sonha". Marô entregou a Maria Carpi uma ‘caixinha para guardar sonhos’ e Menuzzi manifestou a vontade de seguir com esta iniciativa inédita. O secretário estadual da Sedatel, Victor Hugo, parabenizou os vencedores, que se destacaram entre os 190 inscritos; elogiou a equipe que realizou o Prêmio Minuano e mencionou o cantor Kledir Ramil, que um dia lhe disse que na Fórmula 1 não existe piloto vencedor, e sim um conjunto vitorioso. A pedido de Maria Carpi, cantou “Desgarrados” de Sérgio Napp e Mário Barbará.

O ganhador da categoria Conto foi Gustavo Melo Czekster, com “Não Há Amanhã” (Zouk); Poesia ficou com Juliana Meira, por “Na Língua da Manhã Silêncio e Sal” (Belas Letras); Crônica, com “Demônios Domésticos” de Tiago Germano (Le Chien); Ilustração, com “O Mundo de Nini: a Menina das Flores” de Vera Damian e ilustrações de Ernani Carraro (Voxmídia); Juvenil, com A.Z. Cordenonsi, com “Sherlock e os Aventureiros: o Mistério dos Planos Roubados” (Avec Editora); Infantil, com Maíra Suertegaray por “Anahí: a Flor que Queria Ser Menina” (Compasso Lugar Cultura); Romance/Novela, com Leonardo Brasiliense, por “Roupas Sujas” (Companhia das Letras); História em Quadrinhos com José Aguiar por “A Infância do Brasil” (Avec Editora) e Especial, com Rafael Guimaraens, por “20 Relatos Insólitos de Porto Alegre” (Libretos).

O paraibano Tiago Germano, radicado no RS, ficou feliz por ouvir um conterrâneo seu (Augusto dos Anjos), desejou vida longa ao prêmio e aproveitou para falar de luta e resistência. Para publicar “Demônios Domésticos”, ele contou com financiamento coletivo, com a colaboração de quase 200 pessoas. Cordenonsi citou a necessidade de criar leitores críticos e a literatura juvenil como porta de entrada de tudo. “Na minha época não tinha tantos meios e hoje eles estão à disposição, e não são bem usados”, afirmou, sobre a grande quantidade de informações não confiáveis ou manipuladas, na atualidade. Maíra, que narrou a saga de uma heroína indígena, que luta pela liberdade de seu povo até o fim da vida, comentou: “precisamos contar as histórias dessa mulheres guerreiras”. Autor do registro sobre fatos históricos que compõem o imaginário da capital gaúcha, Rafael Guimaraens encerrou a noite: “Estamos comemorando um prêmio, mas logo à frente somos alvo de uma enorme estupidez. Precisamos estar juntos e resistir”.

Foto: Roberta Amaral
Texto: Vera Pinto

Sarau Palavra Falada - Feira do Livro



Desafio Literário 2018 - 8 a 12 de novembro



A produção de conteúdo literário ao longo de 5 dias consecutivos, durante a 64ª Feira do Livro de Porto Alegre é o mote do “Desafio Literário – Edição 2018”, iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (SEDACTEL), através do Instituto Estadual do Livro (IEL) e da Associação Lígia Averbuck e com apoio da Associação Gaúcha de Escritores (AGES), Academia Rio-Grandense de Letras (ARL) e Brascril. A atividade será realizada de 8 a 12 de novembro, às 19h, na Biblioteca Pública do Estado (Riachuelo, 1190). Interessados devem entregar o formulário de inscrição preenchido na sede do IEL (André Puente, 318, CEP 90035-150, Porto Alegre) ou enviar o arquivo preenchido via e-mail ieldesafioliterario@gmail.com.


Estimular e valorizar a produção literária no Rio Grande do Sul é o objetivo do concurso, cuja Comissão Julgadora é composta por três membros, da Academia Rio-grandense de Letras, da Associação Gaúcha de Escritores (AGES) e da Associação Lígia Averbuck. Em cada uma das fases, os concorrentes deverão produzir um texto literário, que deverá ser entregue até às 20h30min. No primeiro dia (8), o gênero escolhido será o miniconto; no segundo (9), poetrix; no terceiro (10), poema livre; no quarto (11), crônica; e no quinto e último dia (12), conto, sendo que uma breve descrição dos gêneros a serem trabalhados estará disponível. Os temas a serem abordados serão sorteados momentos antes do início de cada etapa, a partir de uma lista proposta a critério do júri. 

O Desafio Literário pode contar com até 45 inscritos e no mínimo 10, sendo cancelado se não atingir esse número no primeiro dia do evento. Caso o número máximo de inscritos não seja alcançado, os interessados poderão realizar a inscrição no local do evento, somente no primeiro dia, por ordem de chegada, completando o número total de participantes. O resultado de cada etapa, exceto a última, será afixado na entrada do local de realização da ação, no início da etapa seguinte; portanto, os concorrentes deverão conferir a cada dia, no próprio local, sua classificação ou eliminação. 

A premiação ocorrerá dia 13 de novembro, às 18h, no Auditório do MARGS (Praça da Alfândega, s/nº), quando haverá um sarau com a leitura da produção dos minicontos de todos os candidatos presentes, com o anúncio dos três primeiros colocados. Estes receberão troféus, confeccionados pela empresa Brascril, certificados emitidos pelo IEL e terão seus textos publicados nos canais oficiais do IEL na internet (blog e redes sociais). Mais informações: e-mail ieldesafioliterario@gmail.com ou telefone (51) 3314-6451.

5.11.18

Autor Presente - Bibliotecas

Estão abertas as inscrições do projeto Autor Presente para Bibliotecas Públicas e Comunitárias.





Escritores participantes

Mais informações: autorpresente@gmail.com

1.11.18

Sarau Palavra e Música na Feira do Livro

O Teatro Carlos Urbim da Feira do Livro de Porto Alegre será palco, no dia 2 de novembro (sexta), às 18h30min, do "Sarau Palavra e Música", do Instituto Estadual do Livro (IEL)  e Escola de Música da Ospa. Haverá apresentação da Camerata da Ospa Jovem, com leitura de contos de Ivo Bender, por Marô Barbieri e Cristina Macedo. 

Sob a regência de Arthur Barbosa, serão interpretadas as obras "Sinfonietta" de H. Genzmer, "Concerto para 2 Violinos e cordas" de G. Torelli, "Concertino para Trompete e cordas" de G. F. Haendel  e "Suite St Paul" de G. Holst. Já os contos  inéditos que serão lidos no sarau pertencem ao livro póstumo “Rosa Noturna”, terceira experiência de Ivo Bender relacionada ao realismo mágico. Composto por oito contos, sendo um deles dividido em duas partes, traz cenários de figuras sujeitas ao jugo da terra e do clima. Também acirra as contradições seguindo modelos legados pelo Classicismo e pelo relato bíblico. 

Ivo Bender foi uma das figuras mais importantes do teatro e da literatura no Rio Grande do Sul, tendo escrito 36 peças teatrais, entre 1961 e 2004. Na literatura, publicou dois livros de narrativas breves: "Contos" e "Quebrantos e Sortilégios", que em 2015 lhe rendeu o Prêmio Açorianos de Literatura na categoria Conto. O dramaturgo e escritor gaúcho morreu no dia 25 de junho último, aos 82 anos. 

Serviço: 
Dia: 2 de novembro de 2018 (sexta-feira).
Hora: 18h30min
Local: Teatro Carlos Urbim da Feira do Livro de Porto Alegre - Praça da Alfândega.
Entrada franca.

30.10.18

Autor Presente - Bibliotecas

Informamos que as inscrições do Autor Presente para Bibliotecas Públicas e Comunitárias se iniciam no dia 05 de novembro.


O Autor Presente é um projeto de incentivo à leitura do Instituto Estadual do Livro (IEL) que há 46 anos promove encontros entre escritores e leitores de todo o estado do Rio Grande do Sul.


Em 2018, o projeto realizará encontros em bibliotecas públicas e comunitárias visando o estímulo à leitura, além de trabalhos que estimulem a fruição, a criatividade, o aumento do repertório de leituras e a promoção da cidadania através do acesso aos bens culturais.

Somam-se a estes objetivos a formação de novos leitores, a difusão da literatura rio-grandense e a abertura de espaço para divulgação dos trabalhos de escritores iniciantes e já consagrados.


29.10.18

Desafio Literário 2018



A produção de conteúdo literário ao longo de 5 dias consecutivos, durante a 64ª Feira do Livro de Porto Alegre é o mote do “Desafio Literário – Edição 2018”, iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (SEDACTEL), através do Instituto Estadual do Livro (IEL) e da Associação Lígia Averbuck e com apoio da Associação Gaúcha de Escritores (AGES), Academia Rio-Grandense de Letras (ARL) e Brascril. A atividade será realizada de 8 a 12 de novembro, às 19h, na Biblioteca Pública do Estado (Riachuelo, 1190). Interessados devem entregar o formulário de inscrição preenchido, na sede do IEL (André Puente, 318, CEP 90035-150, Porto Alegre) ou via e-mail ieldesafioliterario@gmail.com.


Estimular e valorizar a produção literária no Rio Grande do Sul é o objetivo do concurso, cuja Comissão Julgadora é composta por três membros, da Academia Rio-grandense de Letras, da Associação Gaúcha de Escritores (AGES) e da Associação Lígia Averbuck. Em cada uma das fases, os concorrentes deverão produzir um texto literário, que deverá ser entregue até às 20h30min. No primeiro dia (8), o gênero escolhido será o miniconto; no segundo (9), poetrix; no terceiro (10), poema livre; no quarto (11), crônica; e no quinto e último dia (12), conto, sendo que uma breve descrição dos gêneros a serem trabalhados estará disponível. Os temas a serem abordados serão sorteados momentos antes do início de cada etapa, a partir de uma lista proposta a critério do júri. 

O Desafio Literário pode contar com até 45 inscritos e no mínimo 10, sendo cancelado se não atingir esse número no primeiro dia do evento. Caso o número máximo de inscritos não seja alcançado, os interessados poderão realizar a inscrição no local do evento, somente no primeiro dia, por ordem de chegada, completando o número total de participantes. O resultado de cada etapa, exceto a última, será afixado na entrada do local de realização da ação, no início da etapa seguinte; portanto, os concorrentes deverão conferir a cada dia, no próprio local, sua classificação ou eliminação. 

A premiação ocorrerá dia 13 de novembro, às 18h, no Auditório do MARGS (Praça da Alfândega, s/nº), quando haverá um sarau com a leitura da produção dos minicontos de todos os candidatos presentes, com o anúncio dos três primeiros colocados. Estes receberão troféus, confeccionados pela empresa Brascril, certificados emitidos pelo IEL e terão seus textos publicados nos canais oficiais do IEL na internet (blog e redes sociais). Mais informações: e-mail ieldesafioliterario@gmail.com ou telefone (51) 3314-6451.

Sábados Literários - Paixão Cortes

A Academia Rio-Grandense de Letras, com o apoio do Instituto Estadual do Livro (IEL) – órgão da Secretaria de Estado da Cultura, Esporte e Lazer, presta uma homenagem a João Carlos D'Ávila Paixão Côrtes, que era seu sócio honorário, resgatando diferentes aspectos de sua contribuição para a cultura gaúcha. No projeto Sábados Literários, focará “O Legado de Paixão Côrtes”, com os acadêmicos Waldomiro Manfroi e Alcy Cheuiche, no dia 3 de novembro, às 10h, no Auditório do Museu de Arte do RS Ado Malagoli/Margs (Praça da Alfândega, s/nº). A entrada é gratuita. 

Agrônomo, folclorista, radialista e pesquisador, Paixão Côrtes tornou-se um dos maiores nomes do tradicionalismo no Rio Grande do Sul, especialmente por ter fundado, em 1948, o CTG 35 e, em 1953, o pioneiro Conjunto Folclórico Tropeiros da Tradição. A partir daí, projetou o estado para o mundo, mostrando a todos quem é o gaúcho, através da divulgação de nossa história, cultura, usos e costumes. Figura viva do Laçador, nos deixou como legado uma rica herança cultural, objeto deste debate. 

SOBRE OS PALESTRANTES: 

- Waldomiro Manfroi - Professor Emérito da UFRGS, com destacada atuação nas áreas da Cardiologia e da Educação Médica. Em 2010, assumiu a cadeira 58 da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina. Escritor de ficção, já publicou mais de uma dezena de livros. Em 2009, foi eleito e empossado na cadeira 30 da Academia Rio-Grandense de Letras.

- Alcy Cheuiche - Médico Veterinário de formação, é autor de mais de 20 obras literárias, a maioria romances, mas também poesia, crônica e teatro. Seus temas sempre têm a história como pano de fundo. Foi Patrono da 52ª Feira do Livro de Porto Alegre, em 2006, e ocupa a Cadeira 37 da Academia Rio-Grandense de Letras desde 1985.

Serviço: 
Sábados Literários - Palestra “O Legado de Paixão Côrtes”:
Hora: a partir das 10h
Local: Auditório do Museu de Arte do RS Ado Malagoli/Margs (Praça da Alfândega, s/nº). 
Entrada Franca
Dia: 03 de novembro de 2018 (sábado)

Prêmio Minuano de Literatura

Instituto Estadual do Livro e Instituto de Letras da UFRGS Anunciam vencedores do Prêmio Minuano de Literatura no dia 6 de novembro

Ressaltar e reconhecer a produção literária gaúcha, contribuindo para sua divulgação e para o incentivo à leitura e à produção escrita são os objetivos do Prêmio Minuano de Literatura, iniciativa do Instituto Estadual do Livro (IEL) - órgão vinculado à Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (SEDACTEL), em parceria com o Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), cujo resultado será divulgado no dia 6 de novembro (terça-feira), às 19h, na Sala de Música do Theatro São Pedro, na programação da 64ª Feira do Livro de Porto Alegre. Os vencedores, autores nascidos ou residentes no Rio Grande do Sul ou editoras sediadas no Estado, com obras publicadas ao longo de 2017, se inscreveram em junho último em nove categorias e receberão o Troféu Minuano de Literatura. Confira os finalistas:

Infantil

“Alfabeto Poético dos Nomes”, de Pablo Morenno, Editora Physalis

“Anahí: a flor que queria ser menina”, de Maíra Suertegaray, Editora Compasso Lugar - Cultura

“Pra que serve um dedo”, de Paula Taitelbaum, Editora Piu


Juvenil

“Antes do alvorecer”, de Caio Riter, Editora do Brasil

“Céu de um verão proibido dois”, de João Pedro Roriz, Editora BesouroBox

“Sherlock e os aventureiros: o mistério dos planos roubados”, de A. Z. Cordenonsi, AVEC Editora


Poesia

“Na língua da manhã silêncio e sal”, de Juliana Meira, Editora Belas Letras

“Spoilers”, de Diego Grando, Editora Confraria do Vento

“Tudo o que é belo é efêmero”, de Maria Carpi, Editora Belas Letras


Conto

“Dicionário de línguas imaginárias”, de Olavo Amaral, Editora Alfaguara

“O jardim das Hespérides”, de Daniel Gruber, Editora O Grifo

“Não há amanhã”, de Gustavo Melo Czekster, Editora Zouk


Crônica

“A felicidade é o que conta”, de J. J. Camargo, L&PM Editores

“Demônios domésticos”, de Tiago Germano, Editora Le Chien

“O que você nunca deve perguntar a um americano”, de David Coimbra, L&PM Editores


Ficção: Romance/Novela

“A última rosa do verão”, de Letícia Copatti Dogenski, Editora Moinhos

“Correr com rinocerontes”, de Cristiano Baldi, Não Editora

“Roupas Sujas”, de Leonardo Brasiliense, Editora Companhia das Letras


Ilustração

“Haicontos de fadas”, de Edna Bueno, Emilia Machado, Mariucha Rocha,Tatiana Kauss e Vânia Alsalek, , Ilustrações de Marília Pirillo , Editora Bambolê

“Jesuína e a Cabaça”, de Berenice de Fátima Luiz, Ilustrações de Monika Papescu, Editora Papo Abissal

“O mundo de Nini: a menina das flores”, de Vera Mari Damian, Ilustrações de Ernani Carraro, Editora Voxmídia


História em Quadrinhos

“A infância do Brasil”, de José Aguiar, AVEC Editora

“A menina do circo Tibúrcio”, de Santiago, Editora Libretos

“Salto”, de Rapha Pinheiro, AVEC Editora


Especial

“20 relatos insólitos de Porto Alegre”, de Rafael Guimaraens, Editora Libretos

“As três mortes de Che Guevara”, de Flávio Tavares, L&PM Editores

“Francisco Ricardo, uma tragédia esquecida”, de Sérgio Faraco e Valter Antonio Noal Filho, L&PM Editores

As Comissões de Seleção contaram com três membros cada, escolhidos dentre profissionais que atuam na área da literatura e/ou membros da comunidade cultural literária, e foram responsáveis pela escolha dos finalistas em cada categoria. Já as Comissões Finais, também com três membros cada, escolhidos dentre professores, alunos de pós-graduação em Letras e bibliotecários, tiveram a função de indicar o livro vencedor nas respectivas categorias.

Serviço:
Dia: 6 de novembro de 2018 (terça-feira), 19h.
Local: Sala de Música do Theatro São Pedro (Praça da Matriz, s/nº).
Informações: http://ielrs.blogspot.com/, iel@sedactel.rs.gov.br ou (51)3314-6451
Entrada franca

7.7.18


Portaria regula procedimentos da área de Comunicação durante o período eleitoral



O governo do Estado, por meio de sua Secretaria de Comunicação, publica no Diário Oficial desta sexta-feira (6), a portaria que regula e coordena as políticas de comunicação em cumprimento às exigências eleitorais referentes ao pleito de 2018. Conforme o documento, as áreas de notícia das páginas de internet de todos os órgãos estaduais, incluindo postagens em redes sociais e sites de programas específicos serão interrompidas. 

A suspensão também se aplica a perfis de programas, projetos ou qualquer ação desenvolvida por órgãos estaduais, bem como aos perfis de departamentos, diretorias, setores, coordenadorias regionais e a toda e qualquer subdivisão ou vinculação a órgãos estaduais.

Os websites das instituições públicas ligadas ao Executivo farão constar, a partir do dia 07 de julho, a seguinte mensagem informando a suspensão de atualizações: "Em atendimento à legislação eleitoral, a partir do dia 7 de julho até o final do período eleitoral, estão suspensas as atualizações deste site".

A divulgação das informações de interesse público e dos serviços de todos os órgãos caberá apenas ao portal do Governo do Estado, acessado no endereço www.rs.gov.br, sendo o único que permanecerá com atualizações em sua área de notícias após análise da Diretoria de Jornalismo da SECOM. Em casos específicos, caberá à SECOM consultar a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para garantir a legalidade da publicação.

Confira a portaria:

A SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO DO GOVERNO
DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso das suas competências, RESOLVE:

Art. 1º - Disciplinar o uso de plataformas digitais e redes sociais pelos órgãos e entidades integrantes do Governo do Estado do Rio Grande do Sul durante o período de vedação eleitoral, em consonância com a Ordem de Serviço Nº 003/2018, de 25 junho de 2018.

Art. 2º - Ficam suspensas as atualizações das áreas de notícias de todos os sites dos órgãos estaduais, incluindo sites de programas, projetos e eventuais "hotsites";

I - Os órgãos farão constar em seus sites a seguinte mensagem informando a suspensão de atualizações: "Em atendimento à legislação eleitoral, a partir do dia 7 de julho até o final do período eleitoral, estão suspensas as atualizações deste site".

II - O Portal do Governo do Estado (www.rs.gov.br), por reunir informações de interesse público e serviços de todos os órgãos, será o único que permanecerá com atualizações em sua área de notícias.

III - Os órgãos estaduais que tiverem necessidade de publicar matérias de caráter informativo, educativo ou de orientação social deverão submeter o conteúdo à Diretoria de Jornalismo da SECOM para análise e publicação no Portal do Governo do Estado. Em caso de dúvida, a SECOM pedirá parecer da Procuradoria Geral do Estado (PGE) para garantir a legalidade da publicação.

IV - As áreas de estrito serviço ao cidadão dos sites das secretarias poderão ser atualizadas, sempre respeitando as limitações da lei eleitoral.

Art. 3º - Nas redes sociais, fica vedada, no período eleitoral, a inclusão de posts nos perfis dos órgãos e entidades integrantes do Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

I - A suspensão também se aplica a perfis de programas, projetos ou qualquer ação desenvolvida por órgãos estaduais;

II - A suspensão se aplica igualmente a perfis de departamentos, diretorias, setores, coordenadorias regionais e a toda e qualquer subdivisão ou vinculação a órgãos estaduais;

Art. 4º - Nas redes sociais em que for possível despublicar ou retirar do ar temporariamente os perfis e páginas (como Facebook, Instragram e Youtube), todos os órgãos ou entidades vinculadas ao Governo do Estado do Rio Grande do Sul deverão fazê-lo durante o período eleitoral.

I - Nos casos enquadrados neste artigo, os órgãos deverão remover toda e qualquer marca de governo de fotos de perfis e covers.

Art. 5º - Nas redes sociais em que não for possível retirar do ar temporariamente os perfis e páginas (como o Twitter, por exemplo), os órgãos ou entidades vinculadas ao Governo do Estado do Rio Grande do Sul deverão seguir a orientação do Art. 3º, fazendo constar a seguinte mensagem: "Em atendimento à legislação eleitoral, a partir do dia 7 de julho até o final das eleições, estão suspensas as publicações em redes sociais vinculadas ao Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Informações sobre serviços e utilidade pública podem ser obtidas no www.rs.gov.br".

Texto e edição: Secom